Páginas

terça-feira, 29 de outubro de 2013

a sério?

Há casamentos que duram menos que certos contratos com um operador de telecomunicações.

Foi com esta frase que Ana Brito decidiu começar o seu artigo no Público de hoje, um artigo que em nada se relaciona com casamentos e que trata apenas de reclamações recebidas pela DECO sobre os prazos de fidelização avultados dos operadores de telecomunicações.

Sempre me pareceu necessária uma boa mas boa dose de criatividade para exercer jornalismo. É verdade que em Portugal o normal já não pega e procuram-se meios e sub-formas de puxar a atenção do consumidor de notícias e afins. E parece-me que, enquanto se continuar a nivelar por baixo, através de comparações sem nexo, imagens a roçar o absurdo e conteúdos que interessam -2, não teremos uma Comunicação Social que se orgulhe de ser isso mesmo: uma forma de comunicar, com verdade, a informação de um meio social que é normal, fácil de chegar e que respira beleza. Sem precisarem de trazer à tona aquilo que é sempre anormal e inalcansável para o comum dos mortais. E zero giro.

3 comentários:

Rosarinho MB disse...

Finalmente voltaste, Ana... Já estava a ficar nervosa!

Ana Maria disse...

Idem!

Firanghi disse...

Lindas! E os vossos quando aparecem? Quero primos para o meu blog ;)