Páginas

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

92.4


recebi mensagem delas ontem a perguntar a que horas tinha reuniões, queridas a minha primeira reunião começa às onze. eram nove da manhã quando o meu telemóvel começou a gritar por todo o lado, ele era whatsapp, ele eram mensagens, ele era alegria por ser sexta-feira e dia de ir para Viseu. e dizia-me liga a RFM até à tua reunião e se fores ao W, levas o telemóvel contigo e com phones postos. assim fiz: meti-me em dancing-mood até chegar ao trabalho e só entrei no parque de estacionamento quando garanti que tinha começado uma nova música e que teria tempo para perder rede, estacionar, subir ao 8º andar, ligar o computador e sintonizar-me novamente na RFM. corri, corri e quem me viu terá pensado esta quer mesmo ir de fim-de-semana. Sintonizei-me novamente e afinal era na mega, porque sempre foi com a mega que fizemos viagens, saímos à noite e andámos no smartie.

foi às 10:58h. a locutora da rádio, que eu passei a adorar mesmo sem conhecer, disse e agora, um pedido especial: da T. e da M., um grande beijinho para a amiga Ana que está noiva há uma semana! Hey Brother a tocar! eu estava no open space, e comecei a rir desenfreadamente, enquanto eles os três olhavam para mim como burro para palácio, sem perceber o que se estava a passar. logo a seguir passei à parte de disfrutar, porque o importante é disfrutar com um deles diz, e esta nossa música, a música das três que muda de semana a semana, soube-me como a última bolacha do pacote. depois, quando a euforia assentou, expliquei-lhes. e contei-lhes também que há uma semana, acordei numa nova condição: a de noiva do Bernardo e sua futura mulher. e que nesse momento me tocaram à porta de casa e eu, ainda meio ensonada, fui abrir, E: quem é? R: Polícia. E: Polícia?! Mas o que é que se passa?? R: Florista menina, florista! E: Mas eu não pedi flores.. (lol) R: Mas enviaram-lhe flores menina. É a Ana? E: Sim, sou.. acho que sou (a acordar, há desculpa). Vou abrir. e quando o vejo a aparecer, um senhor florista que eu pensava já não existir, trazia um ramo lindo com três das flores preferidas da T. e com uma mensagem de um “Anónimo”.

era delas, que adivinharam que ficaria noiva nessa noite e que no dia seguinte adoraria receber flores! minhas queridas madrinhas, podia ter-vos escolhido melhor? :)

4 comentários:

Rosarinho MB disse...

Tão queridas essas duas miúdas... são espectaculares!!!gosto imenso dessa vossa amizade

Rosarinho MB disse...

Tão queridas essas duas miúdas... são espectaculares!!!gosto imenso dessa vossa amizade

Rita Azevedo Coutinho disse...

:) que queridas!!

Firanghi disse...

MUITO MUITO!! :)